Artigo do agrônomo Dr. Carlos Bonato a respeito da homeopatia

postado em: Artigos, Destaque na Home | 0

 

O Dr. Carlos Bonato, agrônomo,  em resposta a um artigo a respeito da homeopatia publicado no Jornal da USP , escreveu:

 

 

 

 

 

 

 

“Olá amigos

 

Gostaria apenas de tecer alguns comentários sobre a reportagem de um pseudo-sabereta (provavelmente Galenista) da área da saúde, que alcunha a homeopatia como uma farsa criminosa. Tenho trabalhado incansavelmente com homeopatia em plantas (em nível acadêmico e prático) há quase vinte anos, com muito rigor científico, sensatez, observação e resultados concretos . Nunca vi na minha vida profissional, atuando com esta maravilhosa ciência, tamanha insensatez de um profissional da área da saúde que se considera cientista. O que pensar de atitudes tão frívolas, desprovidas de veracidade, observação e racionalidade? Qual o interesse de tudo isso? Gostaria que este eminente pesquisador, me respondesse algumas perguntas, como as que seguem. Por acaso os fantásticos resultados (em delineamento em duplo-cego) obtidos em plantas também são decorrentes de efeito placebo? Como você explica resultados como; aumento de crescimento das plantas, aumento dos princípios ativos de fármacos em plantas, aumento de produtividade, aumento da atividade da biota do solo, controle de pragas e doenças em pequenas e grandes plantações? Me explique, por favor, caro eminente pesquisador, como a fotossíntese e a respiração (metabolismo energético) da plantas são profundamente modificadas na presença de medicamentos homeopáticos específicos, quando aplicados dentro dos princípios que ela nos apregoa? Seria PLACEBO?? Ah meu caro cientista, gostaria que você visitasse os inúmeros agricultores que já utilizam desta ciência libertadora e observasse em seus olhares a sua profunda satisfação e gratidão, não só pelos resultados patentes e observáveis, mas também pela autonomia e liberdade que esta ciência lhes proporcionam. Com certeza sua visão tacanha, obstruída, tendenciosa, obsoleta e preconceituosa iria mudar drasticamente. Ainda meu caro, das inúmeras consideração que poderia fazer, faço mais uma.
Você acredita que as inúmeras dissertações de especialização, mestrado e teses de doutorado (dezenas) que passaram pelo crivo de bancas qualificadas, artigos (e não são poucos) com seu respectivos revisores, são elucubrações? O que dizer desta ciência que têm mais de 200 anos, e que cresce a cada ano e que tem curado tantas pessoas nesse mundo? Todos estão sendo enganados? Peço uma gentileza, e com todo respeito a você ilustre cientista. Estude profundamente a base filosófica desta ciência enobrecedora, depois sim você terá melhores condições de abalizar acerca do que é homeopatia. Fale mais do que realmente você conhece. Mas se não quiser, pelo menos leia os inúmeros artigos científicos de resultados obtidos em plantas, que está a sua disposição via revistas fidedignas. Farsa criminosa? é o que você está fazendo querendo castrar/destruir algo indestrutível. Eis um adágio para encerrar. “O sábio não fala o que sabe, e o tolo não sabe o que diz”. “